Campanha contra assédio sexual nos ônibus chega ao campus da UFRJ

A campanha “O ônibus é público, meu corpo não”, lançada no dia 10 de outubro, pelo Grupo JAL, para combater o assédio sexual contra mulheres dentro dos ônibus, conscientizando motoristas, cobradores e clientes sobre como agir em casos de assédio, teve sua segunda etapa realizada nos dias 13 e 17 de novembro, no campus da UFRJ, na Ilha do Fundão, localizada na Ilha do Governador.

A ação se deu através da entrega de panfletos ao público passante e de porta-cartão para as mulheres. Os panfletos continham informações sobre o que é assédio sexual e sobre como as pessoas podem denunciar o crime, bem como os telefones da Central de Atendimento à Mulher e de algumas delegacias de Atendimento à Mulher na Baixada Fluminense, Zona Oeste e Centro do Rio. Já os portas-cartões de RioCard e Bilhete Único, traziam o slogan da campanha e os telefones das delegacias.

Na primeira fase da campanha foram realizadas blitzes em pontos na Pavuna, no Centro de São João de Meriti, de Duque de Caxias e Vilar dos Teles.

Deixe uma resposta